Loading

Alugar seus imóveis ainda é uma boa opção? Descubra prós e contras

Foto: Daniel Lobo / Flickr

Vivemos um período histórico de incertezas. Temos crises em muitos setores, mas, ainda assim, nossa vida continua e ainda temos que fazer escolhas práticas que levam todos esses cenários em conta. Há alguns anos, o senso comum apontava que ter imóveis próprios e os colocar para alugar era um investimento sólido e seguro. Mas e atualmente, vale a pena comprar imóveis para alugar a terceiros? Como na maior parte das situações na vida, não há uma resposta definitiva para essa questão. Devemos dizer que alugar pode ser, sim, um bom negócio, mas é preciso analisar uma série de fatores.

“Ah, mas vocês estão enrolando… o que isso quer dizer?”. Bom, o que queremos dizer na prática é que talvez seja necessário um envolvimento maior de estudo e planejamento no que se refere aos bens imobiliários. O aluguel muitas vezes está associado a um desejo de vender o imóvel, sendo que os custos referentes ao bem continuam correndo enquanto este não é vendido. Mas, por vezes, o proprietário faz do aluguel o seu próprio investimento contínuo.

Uma pesquisa da FipeZap, divulgada em julho de 2016, evidenciou que a procura pelo aluguel cresceu entre os brasileiros nos últimos anos. No ano de 2013, 45% das pessoas que buscavam imóveis, estavam interessados alugar. E em 2014, essa porcentagem já superava a metade e em 2016, o índice superou os 60%.

As causas podem ser diversas, como uma mudança cultural na questão do sonho da casa própria e o investimento cada vez mais alto para se comprar um imóvel. O que se observa também é que a possibilidade de conseguir descontos na compra de imóveis em locais estratégicos aumenta devido ao momento econômico pelo qual passamos desde 2015. Isso cria um ambiente propício para quem se interessa por tal investimento. Logo, ao comprar com um desconto significativo, esse proprietário vai investir na recuperação de preço e alugar esses imóveis com uma rentabilidade bastante superior aos atuais proprietários de imóveis semelhantes.

Mas é preciso se levar em conta, claro, a depreciação do imóvel, as responsabilidades de proprietário, as oscilações de mercado… ou seja, para quem não tem um interesse elevado pela área, é o tipo de operação que pode ser considerada muito trabalhosa. Você deve avaliar bem antes de tomar a decisão (conselho repetitivo, sabemos, mas importante). Você pode ler nossos textos anteriores sobre o investimento em imóveis e sobre os gastos envolvidos. Tenha um bom processo de decisão!

Tags

Amim Imóveis

Amim Imóveis

LEAVE A COMMENT